Feminino e Masculino Sagrado

Feminino e Masculino Sagrado no Equilíbrio da Natureza


Observando a natureza, sagrado é o espelho d’água, onde mar e céu se encontram. Sem misturarem em substância, apenas fazem sentido estando imersos um no outro. Este verso tenta exemplificar a presença de equilíbrios, simetrias e complementariedades na natureza, como berço para a vida, referência e fonte de qualquer reflexão.

Por vezes foi percebido e estudado, em diferentes culturas, fato que o funcionamento da natureza consiste em pólos , extremidades. Essas partes distantes e distintas em um ponto, encontram-se no centro, e nas próprias extremidades.

No centro pois qualquer elemento possível está conectado e na verdade é fração do todo. Todo em suas diferentes formas, as vezes, universo, as vezes alguma divindade…agora, ao falar que se encontram nas extremidades, é como a ilustração do yin yang, onde existe um no outro, só há fim com começo e vice versa. O sentido do movimento é a engrenagem do universo, onde as relações sutis e explicitas influem uma na outra.

Feminino e Masculino são representações de aspectos da natureza. São também, relacionados entre si como complementares. No entanto, não pertencem apenas a um gênero ou outro.

O aspecto feminino da natureza também faz parte dos homens e vice-versa. O entendimento dos sexos feminino e masculino é cultural, histórico. Enquanto as essências complementares começam antes e não terminam. 

Embora se confunda sexo, gênero e essências, existem as diferenças como também o profundo relacionamento desses aspectos. Por exemplo: Ser mulher ou ser homem tem suas diferenças, em termos de identidade e socialmente. Essas diferenças fazem parte da compreensão de como as essências masculina e feminina lidam com um mundo tão desorientado em relação a natureza. Tendo em vista os conflitos de relação consigo e o mundo, seja em detalhes, seja em profundidade.

Carne, mente e vibrações da matéria

Quando a complementariedade diz que um pólo está no outro em seu começo e fim, gosto de explorar o ciclo da vida: Encontros e desencontros movem o mundo. Seja na afinidade mais sutil, seja nos encontros mais carnais, a ressonância vibracional e ou do tato dão direção a humanidade. Importante ressaltar que a relação entre estes dois aspectos ainda confunde nossa coletividade. As necessidades da alma conflitam com interesses da matéria.

Nesse sentido, começamos a perceber que além dos relacionamentos físicos, existem outros aspectos que fazem parte da vida. Encaixar cotidianos como peças de montar ou algum quebra-cabeças está distante de solucionar o sofrimento. Repetindo que o todo se encontra em cada parte, equilíbrio integral se faz como sentido de ordem.

Feminino e Masculino compõem como polaridades, essências naturais, alguma direção de explorarmos nosso aspectos, e são muitos. Quando pensamos nessas energias muitas vezes carregamos visões preconcebidas sobre. Nesse sentido vou expor breves comentários sobre feminino e masculino, lembrando que estamos discutindo essências. Também importante ressaltar que a relação de cada sujeito com esses aspectos sofrerá drásticas influências de suas condições de sexo e gênero.

Feminino:

Figurado nas grandes mães representa a geração, as condições fundamentais para desenvolvimento de vida. Ligada a sensibilidade até mesmo ao enfrentar bestas ou demônios, sendo certeira e profunda no “golpe”. É principalmente referência do oculto, da magia, a grande sacerdotisa. Dotada de intuição e maturidade, tanto emocional como de sentimento. Seu psiquismo é sutil mas certeiro. Age de dentro para fora, como a mãe Gaia, desabrochando vida, cor e movimento ao longo de seu alcance. Abundância e prosperidade.

Masculino: 

Figurado nos grandes pais representa fertilidade, as manifestações que complementam a fecundidade  primordial. A semeadura. Ligado ao agir prático  e extroverso. Age de fora para fora, se expandindo além de sua presença e interagindo com a proximidade intervindo no ciclo vigente. Ação transformadora. Concretização e estruturação externa.

Desequilíbrios cruzados  
Esses comentários trazem aspectos gerais, ambas as essências tem sua harmonia e a relação delas em todas as pessoas também. Por exemplo: Masculino desequilibrado pode gerar autoritarismo, violência e agressão, tanto em homens quanto em mulheres.

A relação entre as duas essências em cada sujeito, gera o equilíbrio de cada uma das essências. Ou seja, Trabalhar isoladamente algumas partes da nossa natureza divina  pode ser tenso para o desenvolvimento pessoal. Os relacionamentos afetivos e ou íntimos sofrem imensamente por desequilíbrios, até mesmo aparentemente leves.

Muitas vezes passa despercebida quão delicada a relação entre nossas potências da natureza, pois se habitamos tanto quanto somos habitados pelo universo, fazeis vossa morada justa  e limpa. Lidando com os fluxos internos e externos como coisa única. Trazendo a unidade ao todo.

Ao observar a natureza, Algumas pedras na corredeira desviam todo um fluxo do mais poderoso rio…fios de vento movem gigantescas dunas inteiras num piscar de olhos para o tempo da terra…as referências verdadeiras estão ao alcance, o tempo todo…

Este artigo é fonte de material publicado no site Ninfa do Amor: http://ninfadoamor.com.br/feminino-e-masculino-sagrado/


Gostou disso? Compartilhe com os seus amigos!

O Que Você Achou Desse Artigo?

horrível horrível
0
horrível
confuso confuso
0
confuso
fraco fraco
0
fraco
divertido divertido
0
divertido
geeky geeky
0
geeky
amei amei
0
amei
kkkkk kkkkk
0
kkkkk
nossa! nossa!
0
nossa!
ótimo ótimo
0
ótimo

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha um Formato
Artigo
Escreva um texto básico que pode ser incorporado com fotos e vídeos
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade do internauta
Votação
Cria uma votação para tomar decisões ou determinar opiniões
Lista
Crie um Artigo Típico de Lista com Itens

Send this to a friend