Regressão Terapêutica, como funciona?

A técnica da Regressão Terapêutica está referendada em sua eficácia em várias literaturas e comprovada na prática pelos profissionais atuantes pela técnica da ABPR.


A Regressão Terapêutica está referendada no “Livro dos Espíritos”, na questão 399 a respeito do Esquecimento do passado, onde diz:

“Mergulhando na vida corpórea, perde o Espírito, momentaneamente, a lembrança de suas existências anteriores, como se um véu as cobrisse. Todavia, conserva algumas vezes vaga consciência, e lhe podem ser reveladas. Esta revelação, porém, só os Espíritos superiores espontaneamente lhe fazem, com um fim útil, nunca para satisfazer a vã curiosidade.”

Enquanto “Obreiros da Vida Eterna” anuncia há 50 anos atrás, na palestra do Dr. Barcellos, a chegada da Psicoterapia Reencarnacionista, o “Livro dos Espíritos” anuncia há 150 anos atrás a chegada da Regressão Terapêutica, pioneira na Ética de apenas ser revelado o passado das pessoas a critério dos Mentores Espirituais, sem que o terapeuta induza o processo.

Muito se tem falado, hoje em dia, sobre esse novo método terapêutico, baseado na revivência de fatos do passado, seja dessa ou de outras encarnações. Cada terapeuta de regressão tem a sua concepção e seus objetivos e existem muitas maneiras de trabalhar com o passado. Não fazemos a pessoa recordar apenas até o final do trauma, isso faz com que ele melhore bastante, mas pode ficar sintonizada aí, nesse ponto.

Pelo Método ABPR de regressão, a pessoa regredida recorda desde o fato traumático até o seu final, continua recordando até a sua morte, o seu desencarne, recorda seu acolhimento no mundo espiritual, até tudo ter passado e referir estar sentindo-se muito bem (Ponto Ótimo). Ou seja, na nossa regressão, a pessoa recorda uma encarnação passada e o período inter-vidas subsequente.

A recordação vai desde o trauma até o desencarne, e a pessoa é incentivada a continuar contando, a sua subida para o Astral, até chegar lá e, muitas vezes, isso ainda não é suficiente, pois mesmo lá, ainda sente a dor, a tristeza, a raiva, o medo, etc. Então, incentivamos a continuar relatando, até nos mostrar que, lá no período inter-vidas, está melhorando, melhorando, tudo vai passando, aquele medo que sentia, aquela raiva, aquele sentimento de rejeição, aquela solidão, a dor da facada, do tiro, etc., até que percebamos que ela recordou que tudo aquilo passou, que está sentindo-se muito bem.

Aí vamos preparando o final da sessão, dizemos a ela, por exemplo, que então pode relaxar, que está bem, que ela pode acessar outra situação do seu passado ou receber alguma orientação, alguma instrução, dos seus Mentores, aguardamos alguns minutos para termos certeza que está sintonizada no Astral, se notarmos ou ela referir que acessou outra vida passada, a regressão continua. Se receber uma orientação, uma instrução, pode nos relatar ou guardar para si.

Assim a regressão terapêutica faz um papel profilático das ancoras que sustentamos com o passado, conforme vamos soltando essas com as regressões a pessoa consegue evoluir com mais consciência e tranquilidade, pois sabe e consegue enxergar para onde seu barquinho da vida esta indo.

Autora do texto: Sandra Pereira, Psicoterapeuta Reencarnacionista e atuo com Regressões Terapêuticas pelo método da ABPR em consultório que fica no Bairro Jardim Botânico aqui em Porto Alegre. https://www.facebook.com/sandrap.psicoterapeuta/


Gostou disso? Compartilhe com os seus amigos!

O Que Você Achou Desse Artigo?

horrível horrível
0
horrível
confuso confuso
0
confuso
fraco fraco
0
fraco
divertido divertido
0
divertido
geeky geeky
0
geeky
amei amei
0
amei
kkkkk kkkkk
0
kkkkk
nossa! nossa!
0
nossa!
ótimo ótimo
0
ótimo
Sandra Pereira

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha um Formato
Artigo
Escreva um texto básico que pode ser incorporado com fotos e vídeos
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade do internauta
Votação
Cria uma votação para tomar decisões ou determinar opiniões
Lista
Crie um Artigo Típico de Lista com Itens

Send this to a friend